8 de novembro de 2013
por Site Midas
1 Comentário

Nem eu acredito, mas é verdade… Você clicou nesse vírus novamente!

Neste post, estamos publicando duas interessantes matérias sobre cuidados importantes à serem adotados na web. Boa leitura!
Proteja-se!

noticia_81637Quem nunca foi marcado em uma publicação como a da imagem ao lado é uma exceção raríssima hoje no Facebook. Nenhum meme (como o recente “Rei do Camarote”, por exemplo) tem ocupado tantas timelines (e com tanta frequência) quanto esses spams, que se espalham feito praga em plantação explorando as duas maiores vulnerabilidades dos internautas: curiosidade e ingenuidade/falta de conhecimento.

O modus operandi da praga é antigo, já bastante explorado em outras plataformas e há algum tempo vem pegando muita gente no Facebook. Normalmente, é uma postagem com um texto que promete uma grande revelação, fotos íntimas de famosos, conteúdos sobre algo que está em evidência no momento ou, como no caso da imagem acima, um recurso milagroso para atender a algo que muita gente queira (como emagrecer). Junto ao texto e a uma imagem apelativa, vem um link. E é aí que está o coração da praga.

Ao clicar no link, o usuário infecta o computador que utilizou para acessá-lo e “abre” sua conta para a praga. Desse modo, o spammer consegue acessar seus contatos e publicar em seu nome, marcando amigos. Ao mesmo tempo, um malware pode ficar escondido no seus sistema para infectar outras contas que fizerem login no mesmo dispositivo.

Na maioria dos casos, o objetivo é simplesmente fazer spam, pra divulgar algo. Essa oferta, em boa parte dos casos, é fraudulenta e pode levar o internauta a outros sites em que, ingenuamente, adquire produtos ou informa dados pessoais em páginas falsas. Há também a possibilidade de esse recurso ser utilizado para espalhar malwares espiões, os famosos trojans (cavalos-de-tróia), que roubam dados bancários e de cartões de crédito.

Para se proteger, a dica é sempre desconfiar de posts que têm muitas pessoas marcadas e se encaixam nas características descritas acima. Além disso, o link já pode dizer muita coisa. No caso da imagem deste post, o link que aparece é do Google Drive, que aparentemente está sendo utilizado para difundir a fraude (muitos desses spams estão utilizando o Drive. Portanto, esse já pode ser um sinal). Os links podem, porém, também estar escondidos em versões encurtadas. Assim, quando quiser clicar, mas tiver dúvida, cheque com seu amigo que postou e confirme se o link é confiável.

Para que a praga pare de acessar sua conta, o primeiro passo é mudar sua senha em outro computador, que você saiba que está livre de malwares. Já para remover o vírus instalado no computador, é um pouco mais complicado. Você pode conseguir com um bom antivírus (os gratuitos podem até encontrar, mas quase nunca conseguem remover a praga) ou aplicações específicas para o tipo de vírus que infectou a máquina. A formatação é a solução mais radical.

Fonte: Portal Administradores.com

Já são mais de 1 milhão de malwares móveis
it_photo_109093Com a crescente popularização dos smartphones é possível observar também uma maior utilização do internet banking por meio desses aparelhos. De acordo com relatório da Juniper, empresa americana de pesquisa de mercado, o número de usuários desse tipo de serviço gira em torno de 590 milhões em todo o mundo. Contudo, de modo proporcional à utilização desses aparelhos, aumenta, também, o interesse de criminosos. Por isso, é hora de ficar ainda mais alerta a questões de segurança. Confira algumas dicas!

Apps falsos
Um dos maiores problemas e que deve ser visto com cuidado por quem realiza operações bancárias por meio de internet bankings móveis são os apps falsos. Os criminosos mimetizam os aplicativos originais de forma que os apps se tornam quase idênticos, com a singela diferença de roubarem os dados da vítima. Para minimizar os riscos é recomendável que os apps bancários sejam adquiridos nas lojas oficiais de cada loja oficial (official store) dos smartphones. Se o app agir de forma suspeita ou pedir dados não habituais, desconfie e interrompa a utilização.

Vulnerabilidade
Recentemente, foi descoberto que uma falha do Android permite que criminosos ganhem acesso a smartphones e instalem códigos de roubo de dados dentro de apps oficiais. Mesmo tomando o cuidado de baixar o aplicativo do banco na loja oficial, o usuário ainda é uma vítima em potencial. Especialistas acreditam que se uma falha assim foi encontrada e divulgada no Android é provável que problemas semelhantes existam no iOS e no Windows8.

Outras ameaças
Não são apenas os apps falsos que trazem perigo para os smartphones, eles também estão sujeitos a mensagens de texto com conteúdo malicioso e outras ameaças, como sites e MMS infectados. O que causa maior preocupação é que poucos usuários possuem alguma preocupação com a segurança de seus smartphones.

Proteção para internet banking móvel
De acordo com relatório produzido pela Trend Micro, as instituições financeiras deveriam ser mais responsáveis com o serviço que oferecem. Não basta apenas oferecer um aplicativo oficial para as transações financeiras. É preciso uma preocupação orgânica com a segurança desses aplicativos e as transações realizadas. Os bancos deveriam, também, estabelecer normas de segurança claras e trabalhar para que o usuário também tenha consciência das fragilidades e problemas do sistema.

Fonte: Blog Real Protect

Veja também

Dicas de Marketing Digital para Corretores de Imóveis por Site Midas em October 9th, 2013
A internet já é a principal ferramenta utilizada pelos Clientes na hora de buscar um imóvel! Saber usar todas as ferramentas de Marketing Digital (que é fundamental para atrair Clientes), aumentará muito as chances de se destacar do grande numero de profissionais no Mercado Imobiliário.

7 de novembro de 2013
por Site Midas
0 Comentários

Como checar a documentação na compra de imóvel usado

i found you!Com preços mais em conta e espaços maiores, em geral, os imóveis usados têm sido a opção para muitas pessoas que desejam adquirir a casa própria. Para que a realização do sonho não se transforme em pesadelo, a formalização da compra de imóvel usado deve ser precedida de ampla pesquisa da documentação do imóvel e de dono, a fim de evitar dores de cabeça futuramente. Um cuidado que evita até mesmo o risco de eventual perda do imóvel como consequência de alguma ação judicial movida contra o proprietário/vendedor. Possíveis problemas só podem ser identificados pela análise de documentos do imóvel e de seu dono.
Para começar, órgãos de defesa do consumidor orientam o comprador a ler com atenção a matrícula atualizada do imóvel. Esse documento contém todas as informações e/ou restrições, como, por exemplo, medidas do terreno, área construída, acréscimo de construção, proprietários anteriores e, principalmente, hipotecas ou dívidas pendentes. O documento pode ser pedido na forma de uma certidão no Cartório de Registro de Imóveis responsável pela região do imóvel, mediante o pagamento de uma taxa. A data de emissão dessa certidão deve ser recente, há menos de 30 dias.

Proprietário

Do proprietário, devem ser pedidos os seguintes documentos: – Certidão Vintenária com negativa de ônus atualizada. Fornecido pelo Cartório de Registro de Imóveis competente, o documento contém o histórico dos últimos 20 anos do imóvel: hipoteca, pendência judicial, titularidade, etc. – Certidões negativas dos cartórios de protesto da cidade onde o proprietário reside. – Certidões negativas de débito do IPTU. O comprador deve conferir se a metragem anotada na escritura coincide com a descrita no carnê. Se for um bem financiado, é preciso saber as condições de liberação ou transferência. Também é necessário obter a declaração negativa de débito ao síndico do condomínio.
Outro cuidado é consultar, na prefeitura, se não há projeto de desapropriação para a área onde está situado o imóvel. Se a negociação for intermediada por uma imobiliária, o consumidor deve ficar atento também a eventuais documentos complementares – quando o imóvel for financiado, são pedidos documentos pessoais e comprovante de renda do comprador.

Contrato

O contrato também exige cuidados. Os órgãos de defesa do consumidor recomendam que o contrato de compromisso ou promessa de compra e venda seja averbado no Cartório de Registro de Imóveis. Essa providência, que poucos compradores adotam para não desembolsar a taxa cobrada pelos cartórios, garante a realização do negócio, caso o proprietário queira desistir da venda. Ademais, ela evita golpes como o de venda do mesmo imóvel para diversos interessados e assegura a concretização do negócio para quem registrou o compromisso.

O momento de pagamento do imóvel não deve dispensar a lavratura da escritura definitiva de venda e compra, pelo Tabelião de Notas, com todas as informações da venda, incluídos os valores exatos do negócio.

As taxas referentes ao registro do imóvel – imposto sobre transmissão de bens imobiliários, taxa de escrituração imobiliária e encargos municipais – podem variar de 4% a 6% do valor do bem, dependendo da cidade.

Mercado de seminovos aquecido na Capital

O mercado de casas e apartamentos usados na Capital cearense atravessa um momento de aquecimento, de acordo com o vice-presidente do Sindicato das Empresas de Compra, Venda e Locação do Ceará (Secovi-CE), Kalil Otoch.

Em Fortaleza, o preço dos imóveis seminovos chegam a ser até 70% mais baratos que os novos, afirmou o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará (Sinduscon-CE), André Montenegro.

“Muito se deve ao valor do metro quadrado, que é bem mais barato que o do imóvel novo. Enquanto um novo gira em torno de R$ 6 a R$ 8 mil, o usado está custando cerca de R$ 4 mil”, exemplifica Kalil Otoch.

Financiamento facilita

Outro fator do aumento dessa demanda tem ligação com as facilidades proporcionadas pelo crédito imobiliário. Dados mais recentes da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) apontam que esse tipo de financiamento, aplicado para compra e construção de imóveis, atingiu em junho deste ano o montante de R$ 11,17 bilhões, a maior soma desde 2002.

“As pessoas estão melhorando de vida, e, com isso, um maior número pode comprar um apartamento”, declarou o presidente do Sinduscon.

Atenção

Apesar dos preços atraentes que um apartamento usado lança para o bolso do consumidor, é importante que ficar atento em alguns detalhes do imóvel antes da aquisição. “Um imóvel mais antigo é igual um carro usado, precisa de mais atenção. Corre o risco de alguém ter feito a compra recentemente e já ter que realizar uma obra de reforma”, alerta o vice-presidente do Sinduscon-CE. Além da vistoria no estado de conservação do imóvel, devem ser observados ítens como a situação da estrutura do prédio, dos elevadores, no caso de apartamento, administração e valor do condomínio.

“A economia que foi feita com a compra de um imóvel seminovo pode ser toda comprometida com essas particularidades”, avisa Montenegro. De acordo com o Sinduscon-CE, em Fortaleza, a Aldeota e o Dionísio Torres estão entre os bairros com a maior oferta de imóveis usados.

alguns cuidados

Fonte: Diário do Nordeste

Veja também

Casa pronta para a chegada da cegonha por Site Midas em September 16th, 2013
Preparar a casa para a chegada de um novo – e pequeno – morador não exige que pais se descabelem.

Lista telefônica x Email Marketing por Site Midas em September 17th, 2013
Lista telefônica x Email Marketing No passado, aqueles grossos livros de páginas finas e amarelas cheias de nomes e telefones, as já não mais famosas listas telefônicas, faziam parte da rotina de milhares de corretores que tentavam captar persistentemente um ou outro cliente para comprar ou vender um imóvel.

Anúncio bem feito é sinônimo de bom negócio por Site Midas em September 9th, 2013
.

5 ferramentas gratuitas para editar fotos de imóveis por Site Midas em September 19th, 2013
Você, corretor de imóveis, necessita, e muito, de uma boa apresentação visual do que vende ou aluga para que fiquem mais atraentes.

18 de outubro de 2013
por Site Midas
1 Comentário

Novas mídias são a bola da vez na comercialização de imóveis

Buscas por imóveis na internet não param de crescer, disse especialista do Google em palestra no Conami
16/10/2013

Saltam aos olhos a grandeza dos números quando o assunto é ‘novas mídias’. Hoje, no Brasil, são mais de 100 milhões de internautas, que passam, em média, 17 horas por dia online. Destes, 52 milhões possuem smartphones e usam o aparelho para pesquisar informações sobre imóveis. E mais: 30 milhões de usuários no Brasil já são multi-telas – ou seja, têm acesso a informação por meio de televisão, smartphones, computador e tablets.

De que forma o mercado imobiliário pode tirar proveito desse cenário foi o mote da apresentação de Leonardo Assis, especialista em marketing e vendas e responsável pela área de Novos Negócios do Google, que palestrou na 17ª edição do Conami (Congresso Nacional do Mercado Imobiliário), realizado em São Paulo, Capital.

Na opinião dele, embora as novas tecnologias tenham se demonstrado um dínamo para a venda de imóveis, muitas empresas – incorporadoras e intermediadoras – insistem em divulgar seus produtos utilizando meios antigos, descolados da realidade atual. Para o especialista, o caminho percorrido pelos clientes até a compra de um imóvel mudou radicalmente. “Antes, ele recebia o panfleto do lançamento, ia até o estande de vendas e fechava o negócio”, disse. Hoje, o contexto é outro. “Mais de 60% dos processos de compra de imóveis são online”, emendou. “O consumidor está mais informado. Ele chega às imobiliárias, muitas vezes, somente para confirmar com o corretor o que já sabia.”

As buscas por residências via internet no Brasil não param de crescer. Desde o início de 2012, o incremento foi de mais de 50%. “Só em junho deste ano, mais de 12 milhões de pessoas visitaram sites de imóveis”, assegurou o especialista. Mensalmente, a quantidade de pesquisas por imóveis no Google bate a marca de meio bilhão. De todo esse universo, apenas 1% corresponde a procuras realizadas pela marca líder. “Isso significa que é um mercado pouco fidelizado”, frisou Assis.

De acordo com ele, esse dado sinaliza o tamanho da oportunidade que as empresas têm de atrair novos clientes. Imobiliárias que ainda não têm site, inevitavelmente, saem perdendo. “Se você já tem um portal, preocupe-se em pensar que tipo de experiência está proporcionando ao usuário”, provocou, referindo-se aos diversos recursos aos quais é possível recorrer para atender melhor aos clientes – como chats online, simuladores de financiamento, vídeos, entre outros.

Ainda de acordo com Leonardo Assis, cada usuário que pesquisa por imóveis na internet realiza, em média, 5,6 buscas, acessa 5 sites diferentes, marca 4 visitas e considera como possível a compra de 2,7 imóveis. Mais: 64% dos interessados assistem a vídeos no Youtube como forma de obter informação.

Não fique de fora! Contrate o SITE MIDAS, a melhor opção de Site para Corretores de Imóveis e Imobiliárias de todo Brasil!
Clique aqui para TESTE GRÁTIS – SITE MIDAS EXPRESSO

Fonte: Secovi/SP

Veja também

A Internet no Mercado Imobiliário por Infoideias em March 22nd, 2011
A Internet já está consolidada como um dos maiores meios de comunicação e divulgação, senão o maior.

Piso salarial para corretores de Imóveis por Site Midas em August 11th, 2011
O Governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, sancionou no dia 13 de abril a Lei 5.

O que é INCC, VGV, Habite-se e Incorporação Imobiliária? Qual a importância deles? por Site Midas em September 6th, 2013
INCC significa Índice Nacional de Custo da Construção, elaborado pela Fundação Getúlio Vargas.

Mercado Imobiliário - Faça a escolha certa por Site Midas em September 2nd, 2013
Infográfico mostra os prós e contras de imóveis na planta, residências usadas, imóveis comerciais, terrenos e fundos imobiliários.

9 de outubro de 2013
por Site Midas
0 Comentários

Dicas de Marketing Digital para Corretores de Imóveis

A internet já é a principal ferramenta utilizada pelos Clientes na hora de buscar um imóvel!

Saber usar todas as ferramentas de Marketing Digital (que é fundamental para atrair Clientes), aumentará muito as chances de se destacar do grande numero de profissionais no Mercado Imobiliário. O corretor mais preparado, tem maiores chances de conseguir um bom negócio.

Pensando nisso, preparamos algumas dicas para orientá-lo a se destacar no Mercado Imobiliário Digital.

Tenha um SITE profissional – Nos dias de hoje, ter um Site é vital para uma Empresa se manter competitiva no Mercado. É tão importante quanto o cartão de visitas, pois além do cliente saber onde te encontrar na web também poderá ver todos os seus imóveis além de indica-lo aos amigos. Mantenha seu Site sempre atualizado!

Participe de REDES SOCIAIS – Mesmo que você não goste é importante manter um canal de relacionamento na web, e é nas redes sócias que os clientes costumam buscar informações sobre empresas e fornecedores e estar nas redes sociais ajuda ao cliente saber mais sobre você e ter mais confiança para fechar o negócio.

Faça ANÚNCIOS de qualidade – A internet não tem mais espaço para anúncios sem fotos ou informações incompletas. Muitos Corretores preferem fazer vários anúncios incompletos e sem fotos principalmente em sites gratuitos e o cliente esta cada vez mais exigente, se o anuncio não está bom, ele vai para o próximo.

Anuncie em VÁRIOS LOCAIS – O cliente costuma pesquisar vários imóveis antes de entrar em contato e também pesquisa em vários Pites e Portais de anúncios, anunciando em vários locais aumenta suas chances de receber o contato do cliente.

ÓTIMA$ VENDA$ !

Fonte: Marketing e Publicidade Imobiliária

Veja também

Nem eu acredito, mas é verdade... Você clicou nesse vírus novamente! por Site Midas em November 8th, 2013
Neste post, estamos publicando duas interessantes matérias sobre cuidados importantes à serem adotados na web.

25 de setembro de 2013
por Site Midas
0 Comentários

Novo golpe preocupa mercado imobiliário

A história está se tornando frequente e preocupa corretores e imobiliárias, especialmente os que se utilizam da internet para o fechamento de seus negócios.
Através de anúncios de locação, com valores em geral abaixo do mercado, criminosos tentam convencer futuros inquilinos a depositarem quantias antes até de terem visitado o imóvel.

Em um dos casos abordados por um portal de notícias, o falso proprietário se dizia estrangeiro e oferecia o imóvel por um valor mais baixo para não deixá-lo vazio. Por estar em outro país, o locador solicitava, então, que o futuro locatário fechasse o negócio através de um depósito bancário para receber as chaves. Era a senha para que o negociador desaparecesse.

“Estamos bastante preocupados com a ocorrência desses casos, pois além de prejudicar a sociedade, dificultam o trabalho do corretor de imóveis, especialmente daquele profissional que aposta na internet para facilitar seu dia a dia”, comentou o presidente do CRECISP, José Augusto Viana Neto.

O presidente também recomendou que os interessados em comprar, vender ou alugar um imóvel nunca confiem em anúncios “milagrosos”, com valores muito atrativos e sem nenhuma referência.

“Aconselho que a população procure sempre profissionais, cuja idoneidade seja ilibada e não efetuem negócios através da internet sem conhecer quem está por trás daquela negociação. A comodidade que a rede proporciona pode, muitas vezes, se transformar em um grande prejuízo futuro.”

PROTEJA-SE! NEGOCIAÇÃO SEGURA SÓ COM O CORRETOR DE IMÓVEIS!

Fonte: Marketing e Publicidade Imobiliária

Veja também

O que os clientes pensam sobre você, Corretor de Imóveis ou Imobiliária por Site Midas em August 29th, 2013
O VivaReal, que percorre o Brasil realizando o Seminário Marketing Imobiliário na Internet, resolveu inovar na Edição Porto Alegre e trouxe para bancada quatro pessoas que compraram imóveis recentemente para uma rodada de perguntas sobre a sua experiência de compra, desde o primeiro momento até o fechamento do negócio.

Casa pronta para a chegada da cegonha por Site Midas em September 16th, 2013
Preparar a casa para a chegada de um novo – e pequeno – morador não exige que pais se descabelem.

Como checar a documentação na compra de imóvel usado por Site Midas em November 7th, 2013
.

Como captar clientes usando o Facebook por Site Midas em August 29th, 2013
.

19 de setembro de 2013
por Site Midas
0 Comentários

5 ferramentas gratuitas para editar fotos de imóveis

Você, corretor de imóveis, necessita, e muito, de uma boa apresentação visual do que vende ou aluga para que fiquem mais atraentes. Isto começa na preparação do imóvel para a foto (organização, limpeza, iluminação, neutralidade), passa pela foto em si (enquadramento, ajustes, qualidade) e, muitas vezes, termina em programas de edição de imagens – ao menos deveria passar por este ponto já que quase sempre necessita uma correção. Por isto separamos 5 ferramentas gratuitas e online para que você possa editar as fotos dos seus imóveis. Abaixo tem um pequeno glossário de palavras comuns para acessar as principais funções para o que você precisará utilizar na maioria dos casos.

1. PICMONKEY

O PicMonkey é uma ferramenta online e também para iPad. Ambos contém versões gratuitas e pagas, todavia a versão paga não é necessária por conter ferramentas avançadas demais e que não utilizaríamos tanto. Com o PicMonkey você consegue recortar, fazer ajustes de brilho e contraste, cores, girar a foto para nivelá-la, etc. Ela tem outras possibilidades como efeitos e cliparts de chapéus de festa, beijos e afins – para as ajustes em fotos isto não é interessante, mas para outros casos pode ser útil.

2.FOTOR

Este já é um editor multiplataforma, tendo versões para web, PC, Mac, Android e iPhone. Como todos desta lista, ele faz recortes, gira imagem, ajusta cor, brilho e contraste – neste ponto todos são similares.

3. SUMOPAINT

Este possui uma aparência bem similar ao famoso Photoshop, por isto, parece mais complexo do que os anteriores. Mas não se deixe intimidar com a cara do aplicativo, nosso glossário ao fim do post vai ajudar você a decifrar algumas utilidades do Sumopaint.

4. SLAPSHUP

Similar ao Photoshop, possui os mesmos recursos encontrados no Sumopaint, mas com um diferencial: este carrega mais rápido.

5. PIXLR

Outra boa ferramenta para edição de fotos online, tanto que já até produzimos um passo-a-passo aqui no Guru para explicar como usa a ferramenta, mas de lá pra cá, o Pixlr mudou bastante e agora necessitamos atualizar o post para esta nova aparência, inspirada no Photoshop também.

Glossário

Crop: Cortar
Rotate: Girar
Exposure: Exposição (onde corrige brilho, contraste, sombras e luzes)
Resize: Redimensionar
Tone: Tom (onde você corrige as cores da foto, também pode constar como Color)

Fonte: Guru do Corretor

Veja também

Dez dicas de onde encontrar novos clientes por Site Midas em September 6th, 2013
.

por Site Midas em September 4th, 2013
Imóvel anunciado sobe 12% em um ano, mas há preços em queda Índice FipeZap sobe 1,2% em agosto; Curitiba lidera a alta, mas Belo Horizonte apresenta queda no preço do metro quadrado anunciado .

Alerta: Nova onda de boletos maliciosos. por Site Midas em September 22nd, 2011
Em razão de continuadas tentativas de iludir a boa fé dos usuários do Registro brasileiro, alertamos para que prestem atenção aos boletos recebidos que não sejam provenientes de seu provedor de hospedagem habitual.

Lista telefônica x Email Marketing por Site Midas em September 17th, 2013
Lista telefônica x Email Marketing No passado, aqueles grossos livros de páginas finas e amarelas cheias de nomes e telefones, as já não mais famosas listas telefônicas, faziam parte da rotina de milhares de corretores que tentavam captar persistentemente um ou outro cliente para comprar ou vender um imóvel.

17 de setembro de 2013
por Site Midas
0 Comentários

Lista telefônica x Email Marketing

Lista telefônica x Email Marketing
No passado, aqueles grossos livros de páginas finas e amarelas cheias de nomes e telefones, as já não mais famosas listas telefônicas, faziam parte da rotina de milhares de corretores que tentavam captar persistentemente um ou outro cliente para comprar ou vender um imóvel.

Eram horas e horas repetindo um script com dezenas ou centenas de pessoas diariamente, gastando telefone, saliva e, às vezes, até a sua própria reputação ou da sua imobiliária.

Passou-se um tempo e a coisa começou a evoluir com a chegada do email e, posteriormente, com a chegada da venda de lista de emails e telefones “segmentadas” por profissão, idade, renda, sexo. Então o corretor imprimia uma lista de telefones, sabendo (supondo) que a pessoa ganhava X e trabalhava como advogado e fazia a sua abordagem (sua intromissão) seguindo o script.

Observe que, nestes dois momentos o corretor e/ou imobiliária e a pessoa do outro lado da linha nunca tiveram contato algum, tampouco se ele queria fazer algum tipo de negócio imobiliário. Completamente intrusivo. Sem falar do quanto se gastava de telefone e tempo para isto. De 10 ligações, quantas rendiam algo? E de 100 ligações?

Se para uma ligação de pleno insucesso (aquela que a pessoa finge que não está, que já corta o assunto e desliga, etc.) você gastava 1 minuto entre discar o telefone e desligar, para 100 ligações deste tipo, gastaria 1h40min (sem contar as pausas para a seleção do próximo telefonema). Sabendo que nem todas seriam tão curtas, poderíamos calcular algo em torno de 2h30min de ligações pouco frutíferas ou de baixo retorno pelo tempo e dinheiro investidos.

Em resumo, uma estratégia como esta tem de negativo:

a pessoa contatada não conhece você ou sua empresa;
você não sabe se ela poderá atender;
não sabe se ela tem interesse em comprar, vender ou alugar um imóvel;
baixo retorno em tempo e dinheiro investido.
Bom, o email marketing, se mau planejado, pode ter os mesmos problemas desta velha estratégia de ligações em massa (conhecida como “atirar pra todos os lados”) e todos os seus “poréns”.

Outro fato é que o email marketing demanda um investimento de tempo similar ou maior, e, dependendo do volume de envios, um investimento maior de dinheiro. MAS… ele tende a ter um retorno muito maior do que a velha estratégia da lista telefônica.

O sucesso de uma campanha de email marketing, como já falamos em outros posts aqui no Guru, começa com a qualidade da base de emails que você deve CONSTRUIR, e não comprar.

Os malefícios da compra de lista de emails

Comprar uma base de emails, por mais segmentada que seja, consiste em você atingir pessoas que:

não conhecem você ou sua imobiliária;
não estão interessadas ou abertas no momento a negócios imobiliários;
baixo retorno em aberturas e cliques, logo, um retorno menor sobre o investido;
alto risco de gerar spam e prejudicar seu domínio de email.
Perceberam que os três primeiros itens são similares aos pontos negativos da estratégia de ligação em massa com a lista telefônica?

Como criar uma boa base de emails para campanhas de email marketing

Tudo começa pelo mais simples: cada pessoa que entrar em contato com sua imobiliária e/ou corretores precisam tem um cadastro para que seja acompanhado o histórico do cliente. Isto você conseguirá fazer através de softwares imobiliários que tem também a função de CRM ou ainda através de uma planilha onde você pode controlar isto de forma organizada (fuja das agendas de papel!!!). O mesmo se aplica aos contatos por email, chat online, Facebook, etc.

Com esta base de clientes com os quais já houve algum contato, você pode começar a separar todos os que procuravam imóveis na cidade ou bairro, por quantidade de quartos, preço, etc. Segmentando. Aí prepara-se uma campanha de email marketing específica para determinado grupo com o produto que pode lhes agradar.

Outra forma, a qual até mesmo utilizamos no Guru do Corretor, é desenvolver materiais para download que para baixar, seu público alvo precisa cadastrar-se e colocar o email, cidade, telefone e o que você julgar necessário. Coloca-se isto em seu blog, site e Facebook. A base gerada por este material é pré-qualificada por ter demonstrado interesse no assunto e por já ter tido contato com você ou sua imobiliária.

É um processo trabalhoso que, como disse, necessita de mais tempo na preparação e execução do que você ligar para 500 telefones aleatórios. E pode ser, pelo tempo INVESTIDO, mais “caro” do que comprar uma lista de emails ou telefones. Mas o retorno será bem maior – é comprovado!

Invista tempo, invista dinheiro em uma estratégia que qualifique seus contatos e invista em campanhas segmentadas de email marketing que vão gerar mais negócios e indicações.

O que é fácil e barato sai caro no fim.
O trabalho sincero e construído com atenção e dedicação ao público ao qual se destina, além do ganho intelectual de desenvolver estes materiais, tem-se um retorno e reconhecimento pelo esforço e honestidade. Pense nisto.

Fonte: Guru do Corretor

Veja também

O que os clientes pensam sobre você, Corretor de Imóveis ou Imobiliária por Site Midas em August 29th, 2013
O VivaReal, que percorre o Brasil realizando o Seminário Marketing Imobiliário na Internet, resolveu inovar na Edição Porto Alegre e trouxe para bancada quatro pessoas que compraram imóveis recentemente para uma rodada de perguntas sobre a sua experiência de compra, desde o primeiro momento até o fechamento do negócio.

Alerta: Nova onda de boletos maliciosos. por Site Midas em September 22nd, 2011
Em razão de continuadas tentativas de iludir a boa fé dos usuários do Registro brasileiro, alertamos para que prestem atenção aos boletos recebidos que não sejam provenientes de seu provedor de hospedagem habitual.

5 ferramentas gratuitas para editar fotos de imóveis por Site Midas em September 19th, 2013
Você, corretor de imóveis, necessita, e muito, de uma boa apresentação visual do que vende ou aluga para que fiquem mais atraentes.

Como captar clientes usando o Facebook por Site Midas em August 29th, 2013
.

17 de setembro de 2013
por Site Midas
0 Comentários

Focinho de porco não é tomada! – Cuidados que devemos ter antes de alugar um imóvel


“Focinho de porco não é tomada!”

Isso, com certeza você já ouviu, mas e o prazo recomendado para fazer uma revisão nas instalações elétricas gerais do seu imóvel, alguém já te contou? Saiba que se ele tiver mais de 10 anos, já está na hora.

Já pensou em quanto uma tomada é importante em nossa vida? Veja os cuidados que devemos ter antes de alugar um imóvel. Tomada para ligar a TV, o videogame, o home theater, o som, o modem, o roteador, a impressora e o abajur, isso pensando de leve só em um cômodo do seu imóvel (a sala). Mas aí temos também que carregar nossos gadgets e lá vai tomada para plugar os carregadores do celular, tablet e notebook, no mínimo.

Já ouvi falar que falta homem no mercado, que não há amor em São Paulo, que agora só falta criarem a Bolsa Me Deixa Quietinho Aqui como Programa do Governo Federal, mas o que falta mesmo nessa vida é tomada, minha gente.

Precisamos de muitas tomadas para a quantidade de equipamentos que temos hoje em dia.

Sem julgamentos aqui se as pessoas estão muito conectadas ou não, pensemos nesse momento apenas na demanda que existe por tomadas.

Os imóveis, cada vez menores, não vêm recheados de tomadas na quantidade que precisamos ou gostaríamos, e aqueles que são mais antigos não foram construídos planejando as instalações elétricas para a quantidade de aparelhos que temos hoje em dia.

Bom, nesse desespero pelos vários dois ou três furos que nos faltam, saímos montando a teia da perdição dos cabos, que muitas vezes colabora para prejudicar aquele visual caprichado da sua decoração, mas pior do que isso, coloca a sua casa ou apartamento em risco, assim como tudo que há dentro dele, inclusive você.

Então como cuidar da “fiarada” ?

Aquilo que você não vê

As estatísticas dos bombeiros mostram que as instalações elétricas inadequadas são a segunda maior causa de incêndio no país.

Então, primeiro considere fazer uma revisão nas instalações elétricas gerais do imóvel se ele já tiver mais de 10 anos, pois esse é o prazo considerado seguro para tudo funcionar direitinho. Fio desencapado e instalações do tipo “gambiarra”, nem pensar!

Depois disso, essa avaliação deve ser repetida a cada cinco anos, segundo a ABRACOPEL (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade).

Aquilo que você olha, mas finge que não vê

Sabemos que as ligações múltiplas via benjamin ou TE, extensão elétrica, régua ou filtro de linha e o uso de adaptadores de tomadas não são recomendados, porque podem causar uma sobrecarga na instalação que, muitas vezes, vai te devolver um choque elétrico como aviso, ou vai “pras cabeças”, incendiando tudo de vez.

Evitando a Tostada

Para preservar a vida útil dos seus aparelhos, reduzir o risco de choque elétrico e incêndio você pode:

1. Contratar serviço profissional para instalar mais tomadas no seu lindo lar. Sai caro. Conheço quem fez isso no apartamento e os orçamentos variaram de R$ 550,00 a R$ 1.600,00 para colocar 08 tomadas novas;

2. Comprar extensões elétricas, e demais agregadores de tomadas, de marcas conhecidas, evitando as “baratex” e as “glingas”, porque estamos ligados (só para não perder o trocadilho) que o mercado informal muitas vezes usa sucata como matéria prima e os de “origem estrangeira” não seguem os padrões de segurança, nem a norma NBR 5410 da ABNT para Instalações Elétricas de Baixa Tensão;

3. Seguir a recomendação do Inmetro sobre sempre utilizar extensão elétrica com o fio totalmente desenrolado.
Você pode também apelar para o sincretismo religioso e pedir uma forcinha para Santa Bárbara ou Iansã, Zeus, Thor etc, mas recomendamos que você mesmo assuma a bronca e deixe a casa em ordem, pelo menos no que diz respeito à segurança elétrica.

Enquanto você não separa um tempo para resolver esse assunto, pode testar o despertador que dá choque (de alguns milivolts) se você tentar programar a função soneca para aqueles cinco minutos gloriosos a mais de manhã, até criar coragem para resolver o B.O.

Ok, sabemos que essa é uma parte chata de cuidar do seu imóvel, mas necessária. Então, depois de garantir que seu lar não vai virar cinzas!

Lembre-se: antes de alugar, avalie a quantidade de tomadas e solicite uma avaliação das condições gerais das instalaçãoes elétricas do imóvel.

Boa sorte, e desejamos que você fique conectado, mas são e salvo!

Fonte: Blog Loucos por Imóveis

Veja também

Casa pronta para a chegada da cegonha por Site Midas em September 16th, 2013
Preparar a casa para a chegada de um novo – e pequeno – morador não exige que pais se descabelem.

Novo golpe preocupa mercado imobiliário por Site Midas em September 25th, 2013
A história está se tornando frequente e preocupa corretores e imobiliárias, especialmente os que se utilizam da internet para o fechamento de seus negócios.

por Site Midas em September 4th, 2013
Imóvel anunciado sobe 12% em um ano, mas há preços em queda Índice FipeZap sobe 1,2% em agosto; Curitiba lidera a alta, mas Belo Horizonte apresenta queda no preço do metro quadrado anunciado .

O que os clientes pensam sobre você, Corretor de Imóveis ou Imobiliária por Site Midas em August 29th, 2013
O VivaReal, que percorre o Brasil realizando o Seminário Marketing Imobiliário na Internet, resolveu inovar na Edição Porto Alegre e trouxe para bancada quatro pessoas que compraram imóveis recentemente para uma rodada de perguntas sobre a sua experiência de compra, desde o primeiro momento até o fechamento do negócio.

16 de setembro de 2013
por Site Midas
0 Comentários

Casa pronta para a chegada da cegonha

Preparar a casa para a chegada de um novo – e pequeno – morador não exige que pais se descabelem. Para deixar tudo pronto e seguro para o bebê, é importante se preparar ainda durante a gravidez, pesquisando e se informando sobre berços e tintas. Mas vale também seguir o instinto materno. “As mães têm um instinto que faz com que sigam a maternidade de forma satisfatória e, às vezes, muito palpite atrapalha”, diz o pediatra e homeopata do Hospital Pequeno Príncipe, Cícero Kluppel. Para ele, a preparação já começa na hora de montar o enxoval, onde as mamães usam muito do que aprenderam quando criança, em brincadeiras e nas lembranças de como eram cuidadas.

Entre mil e uma orientações, a coordenadora nacional da ONG Criança Segura, Alessandra Françoia, lembra que todos os aparatos e medidas de segurança podem não impedir acidentes. “Esse tipo de equipamento é para dar tempo dos pais chegarem, já que a principal forma de prevenção de acidentes com a criança é a proteção constante”, diz.

Liberdade sob supervisão

Quando a primeira filha da professora de dança Danielle Berbel, de 35 anos, nasceu, ela tinha a ilusão de que poderia deixar toda a casa livre porque a criança ia entender seus limites. Por um período, a experiência deu certo, até que Manuela, hoje com seis anos, começou a andar. “Assim que ela fez um ano, estávamos cozinhando e ela puxou uma panela que estava num balcãozinho. Veio um pouco de água quente na mão dela, ela se queimou e foi bem traumático”, conta.

A partir desse episódio, Danielle passou a rever algumas coisas, principalmente com a chegada do segundo filho, Miguel, de um ano e quatro meses. Para ele, há portõezinhos que limitam o acesso à cozinha e aos banheiros, protetores em todas as tomadas e nenhum objeto perigoso ao alcance das mãos. Quando a mãe precisa fazer uma atividade, deixa Miguel em um cercadinho, mesmo sob protestos do menino.

Mesmo com bastante cuidado, a professora deixa o menino circular livremente nos cômodos da casa, desde que supervisionado por ela. Aí vale tudo: ida ao quintal, brincadeiras na lavanderia e na cozinha, que Miguel adora. “Quando a gente está na cozinha, ele olha e mostramos o que está quente e o que pode ou não fazer”, conta. Aí a farra fica por conta das tampas de panela, que viram brinquedo nas mãos da criança.

Para deixar tudo nos trinques, a Gazeta do Povo montou um pequeno guia da casa segura para bebês. Confira:

Fonte: Gazeta do Povo

Veja também

O que os clientes pensam sobre você, Corretor de Imóveis ou Imobiliária por Site Midas em August 29th, 2013
O VivaReal, que percorre o Brasil realizando o Seminário Marketing Imobiliário na Internet, resolveu inovar na Edição Porto Alegre e trouxe para bancada quatro pessoas que compraram imóveis recentemente para uma rodada de perguntas sobre a sua experiência de compra, desde o primeiro momento até o fechamento do negócio.

Dez dicas de onde encontrar novos clientes por Site Midas em September 6th, 2013
.

5 ferramentas gratuitas para editar fotos de imóveis por Site Midas em September 19th, 2013
Você, corretor de imóveis, necessita, e muito, de uma boa apresentação visual do que vende ou aluga para que fiquem mais atraentes.

Focinho de porco não é tomada! – Cuidados que devemos ter antes de alugar um imóvel por Site Midas em September 17th, 2013
.

9 de setembro de 2013
por Site Midas
0 Comentários

Anúncio bem feito é sinônimo de bom negócio

Na hora de comprar a primeira casa ou simplesmente se mudar para um novo lar, as pessoas estão cada vez mais pesquisando na internet para encontrar o imóvel certo.
Diante dessa realidade, a cada dia mais comum, é de extrema importância aprender anunciar e garantir enfoque ao seu anúncio, pois, dessa forma, as chances de a sua página ser vista com mais freqüência são muito maiores e, conseqüentemente, fechar um bom negócio será o resultado de todo o processo.
Nesse sentido, alguns fatores são altamente eficazes e essenciais para o sucesso de uma venda divulgada pela internet. Para fazer um anúncio chamativo, vamos imaginar todo o processo de criação da chamada que será a divulgação da venda ou aluguel de seu imóvel.

O que você quer vender ou alugar?

Em primeiro lugar, é preciso ter em mente a imagem que você quer passar para internauta e futuro interessado no seu imóvel. A descrição, portanto, merece uma atenção especial. O texto deve descrever, de forma sincera e ao mesmo tempo convidativa, as informações e atributos mais relevantes do imóvel. Ou seja, é importante mencionar a quantidade de quartos, banheiros, se há garagem, piscina, mobília ou outras vantagens.

Para facilitar a compreensão do possível interessado em seu imóvel, responda as possíveis perguntas que você mesmo faria ao procurar uma casa ou apartamento pela internet.

Qual é a sua localização? Há infra-estrutura de qualidade por perto, como prédios comerciais, escolas ou transporte público? Qual é o nível de segurança da região?
Lembre-se: não vale mentir, em hipótese alguma. Ninguém compra nada sem ter um contato visual com o produto. Por isso, evite surpresas desagradáveis ao futuro comprador ou inquilino, o que vai aumentar a sua credibilidade diante dele.

Título: o convite do anúncio

Intitular o anúncio é dos procedimentos mais importantes para que ele possa ser encontrado com maior facilidade. Por isso, o título funciona como um convite. Ele deve, então, resumir o que será encontrado dentro do texto.

Nesse sentido, o título deve ser bastante descritivo, com poucas palavras, destacando o que for fundamental para o seu anúncio e mais alguma informação que valorize o imóvel.

Um exemplo de título seria “Casa em Meia Praia de frente para o mar com 3 quartos”. Aqui, foi informado o tipo de imóvel, a localização, uma de suas características e ainda o seu diferencial, no caso, de “frente para o mar”.

A imagem e seu poder de comunicar

Adicionar fotos do imóvel anunciado é fundamental para despertar a atenção de futuros interessados. Quem procura por um imóvel certamente vai querer conhecer tanto a sua parte externa como a interna, e a melhor maneira de fazer isso, é expor fotos, que destaquem as principais características da casa ou apartamento.

O ideal é colocar uma foto de capa com uma visão geral da fachada da casa ou apartamento. E, em seguida, adicionar outras fotos dos principais cômodos, como sala, cozinha, banheiro e quartos e, se possível, enfocar os benefícios contidos nesses ambientes, como ar condicionado, por exemplo.

Um detalhe importante em relação às fotos, é que preferencialmente estas devem ser de boa qualidade, com imagens recentes e focalizadas. Além disso, é importante que os lugares fotografados estejam limpos e bem organizados, o que garante uma imagem de casa nova ou mesmo embeleza ainda mais o lugar. Uma cozinha com a pia cheia de louças certamente fará com que o interessado desista da compra, mesmo que o cômodo esteja em boas condições no que diz respeito à estrutura.

Cuidados com a escrita e o layout

Um anúncio bem escrito, sem erros de ortografia, é essencial para conquistar a credibilidade dos internautas. Nesse ponto, o melhor é pesquisar a ortografia das palavras do que escrever algo na dúvida.

Além disso, é importante evitar abreviações, o uso de gírias e escrever a descrição ou o restante do texto em caixa alta, o que acaba gerando desconforto para os leitores.

Em relação ao layout, quando o texto descritivo for muito longo, para organizá-lo e deixar a leitura menos cansativa, é possível estruturá-lo em mais parágrafos e alterná-los com espaços.

Os buscadores de imóveis

Para ajudar na divulgação dos seus anúncios, uma estratégia é conhecer os buscadores de imóveis atuantes na internet. Esses buscadores são sites que divulgam diversas opções de imóveis tanto para venda, quanto para locação, o que inclui também o aluguel por temporada.

Na hora de escolher um ou outro buscador, pesquise sua credibilidade e confiabilidade, analisando, por exemplo, o tipo de relação que o site mantém com os internautas; se as páginas estão bem organizadas; e se o buscador em questão facilita a comunicação entre anunciantes, internautas e responsáveis pela página.

Anunciou, esteja disponível sempre

Quem anuncia espera que os interessados entrem em contato para fechar negócio. Portanto, é muito importante manter a comunicação, responder os e-mails, atender os telefonemas e sempre prestar informações de modo solícito. Ao receber uma chamada ou um e-mail, você se torna de fato um vendedor e ninguém que fechar negócio com profissionais desinteressados ou ausentes.

Mesmo que a proposta não seja interessante ou que o seu imóvel já esteja alugado ou vendido, é fundamental responder os e-mails com as informações solicitadas e atender as ligações. Isso porque, ao ser atendido, o internauta sentirá maior segurança e poderá mudar de ideia em relação à proposta ou ainda procurar o seu imóvel em outra oportunidade.

O fato é que as pessoas que entram em contato ficam ansiosas esperando um retorno. Por isso, não custa nada enviar as respostas o mais rápido possível, de preferência em um prazo de até 24 horas, afinal, o grande interessado em fechar um bom negócio é você.

Fonte: Vendedores Campeões
Autora: Letícia Manzone
Jornalista com foco em Redes Sociais

Veja também

Focinho de porco não é tomada! – Cuidados que devemos ter antes de alugar um imóvel por Site Midas em September 17th, 2013
.

Casa pronta para a chegada da cegonha por Site Midas em September 16th, 2013
Preparar a casa para a chegada de um novo – e pequeno – morador não exige que pais se descabelem.

Como captar clientes usando o Facebook por Site Midas em August 29th, 2013
.

Dez dicas de onde encontrar novos clientes por Site Midas em September 6th, 2013
.